terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Mais um bolo e votos de um Bom Carnaval



Olá!

O vosso Carnaval está a ser divertido? 
Desejo que sim mesmo para aqueles que estão a trabalhar.

Tirei um bocadinho do meu dia para vir aqui desejar-vos muita alegria neste último dia de Carnaval.
Este mês também é o mês da Formiguinha e apesar de o ter celebrado com uma grande gripe não podia deixar de o fazer. Foi no dia 04 que fiz 42 anos. Tanto ano, meu Deus!!!

O bolo foi muito simples e já é conhecido aqui na Casinha. Apesar de o ter feito doente até ficou bom.

Como disse já foi publicado aqui, aqui e aqui. É umbolo que agrada a todos e por isso foi o escolhido.
A decoração é que foi diferente, massa folhada esfarelada e rolinhos de chocolate. Simples mas que ficou muito bom.




A receita

Ingredientes:

  • 7 ovos inteiros
  • 3 colheres (sopa) de água morna
  • 240 gr. de açúcar
  • 150 gr. de farinha com fermento (uso sempre a Branca de Neve)

Pré-aqueci o forno a 180ºC. Enquanto batia o bolo coloquei duas bases (pequenas) de massa folhada a assar.
Bati os ovos inteiros com a água morna com a batedeira eléctrica durante alguns minutos.

Acresceitei o açúcar e bati durante 15 minutos (+/-) até a massa crescer e ficar fôfa.
Peneirei a farinha e envolvi com a colher de pau.
Entretanto, retirei a massa folhada já assada e dourada e deixei arrefecer.
Num tabuleiro forrado com papel vegetal e untado com margarina, coloquei a massa
e levei a cozer no forno durante 30 minutos. Fiz o teste do palito.

Entretanto fiz os ovos moles.
Ingredientes:
  • 12 Gemas de ovos
  • 12 Colheres (sopa)  de água
  • 12 Colheres (sopa) de açúcar
Fiz assim:
Num tacho juntei as gemas, a água e o açúcar.
Mexi com uma colher de pau e levei ao lumo mexendo sempre até engrossar.
Tirei do lume e deixei arrefecer.

Desenformei o bolo e cobri-o com os ovos moles. Decorei com a massa folhada esfarelada e com os rolinhos de chocolate.

Simples mas delicioso!



E assim se celebrou mais um aniversário - o meu!


Aproveitem o Carnaval porque é o último de 2015!



Beijinhos;

Formiguinha

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Mil folhas


Olá!

A minha primeira publicação de 2015 só podia ser um doce, também como forma de celebrar a chegada do mês de Fevereiro que é o meu mês.
Só podia ser um doce porque também não tenho feito nada de especial para publicar, anda tudo a meio gás mas o gosto em experimentar coisas novas e deliciosas ainda não o perdi.

Depois de ver em vários blogs mil folhas de aspecto tão delicioso surgiu em mim a vontade de experimentar e ao aproveitar uma promoção em massa folhada quadrada no Continente, já não tinha motivos para não o fazer...

Receita inspirada no mil folhas da Luísa Alexandra


Ingredientes:
  • 1 Placa de massa folhada quadrada
  • 500ml de leite
  • 4 ovos
  • 100g de açúcar
  • 45g de Maizena (amido de milho)
  • 40g de manteiga
  • 1 Clara de Ovo
  • 200 gr de Açúcar em pó (não tinha, coloquei do açúcar cristal que tentei fazer em pó no liquidificador)
  • 1 colher (de sopa) de chocolate em pó

    Primeiro fiz o creme de pasteleiro. Num tacho levei ao lume o leite até levantar fervura.
    Entretanto, numa tigela misturei os ovos com o açúcar e a maizena com um fouet.
    Juntei este preparado ao leite quente, mexendo sem parar com um fouet, até engrossar. Juntei a manteiga e mexi bem até obter um creme espesso e liso.
    Coloquei num recipiente, deixei arrefecer mexendo de vez em quando para não solidificar.
Pré-aqueci o forno a 180ºC.
Desenrolei a massa folhada e cortei em duas, coloquei no tabuleiro do forno forrado com o papel vegetal e piquei a massa com um garfo.
Levei ao forno a assar até dourar.





Por último preparei o glacé.
No Speedy-Chef da Tupperware bati a clara em espuma, aos poucos e mexendo sempre fui adicionando o açúcar em pó e algumas gotas de sumo de limão. Deve-se misturar bem até ficar espesso.
Retirei duas colheres de sopa do glacé e misturei uma colher de sopa de chocolate em pó, mexi bem até ficar bem dissolvido.

Chegou a hora de montar o mil folhas...

Coloca-se a massa folhada com a base mais lisa para cima e coloca-se o creme de pasteleiro por cima, cobre-se com a outra metade de massa folhada.















Termina-se com o glacé branco.
 No final, e com a ajuda do dispára-biscoitos, com o bico de pasteleiro mais fino colocado, fiz riscas com o creme de chocolate, no sentido longitudinal.
Com um pau de espetada fiz riscas transversais para ficar com o aspecto característico do Mil Folhas.






Ok, o meu não ficou nada parecido com o mil folhas. O glacé ficou muito líquido e as riscas com  o creme de chocolate de riscas não tinham nada. O açúcar não ficou em pó como o de compra e por isso ficou tão líquido. De aspecto ficou "feiinho" mas de sabor ficou uma delícia.
Para a próxima vai ficar melhor!




Para quem quiser provar...

Boa semana!
Beijinhos;

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Tiramisú e votos de um bom ano de 2015



Olá!

Não podia terminar o ano de 2014 sem uma receita e sem vos desejar um Bom Ano de 2015 com
muito amor, paz, saúde e trabalho. E que sejam muito felizes.

A receita escolhida para fechar o ano foi o Tiramisú, sobremesa muito apreciada e que faz lamber
a colher de todos na Casinha.
Inspirei-me na receita publicada no primeiro livro da Clara de Sousa, fiz algumas
alterações que a meu ver tornaram o tiramisú ainda mais delicioso.

Ingredientes:
  • 4 queijos frescos s/ lactose do Pingo Doce (250 gr.)
  • 2 iogurtes naturais s/ lactose da Mimosa
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 ovo
  • Palitos de champanhe q.b.
  • 5 cafés Nespresso (chávena bem cheia)
  • 1 Pacote de natas p/ bater da Alpro Soya
  • 3 colheres (sopa) de açúcar
  • Chocolate em pó q.b.

Fiz os cafés e coloquei-os numa taça para arrefecer.
Entretanto fiz o creme. Numa taça desfiz os queijos com um garfo, juntei os iogurtes e a gema e bati
muito bem com a batedeira até ficar em creme.
Noutra taça bati a clara em castelo e quase no final juntei o açúcar para prender bem. Misturei ao
preparado do queijo, com cuidado para não desfazer a clara.

Numa taça de servir, coloquei os palitos de champanhe demolhados no café.




Por cima coloquei o creme de queijo.




Levei ao frigorífico uma hora até ficar firme.
Depois de firme, coloquei os restantes palitos de champanhe demolhados no café.







Por último, bati as natas em castelo firme adoçando-as com 3 colheres (sopa) de açúcar e coloquei
por cima da última camada de palitos de champanhe.






Para terminar, polvilhei com chocolate em pó e decorei com grãos de café.
Está pronta para a passagem de ano!





 Espero que apreciem, acreditem que é uma delícia.
É muito prática e rápida de preparar, nós aqui adoramos.


Agora para terminar, despeço-me do ano de 2014 que foi dos piores anos que eu me lembro - 
e acreditem que já passei por muitos difíceis - e o que peço para 2015 é que seja muito melhor 
ao ponto de me fazer esquecer o que terminou.

Tenho esperança que sim...

Boas saídas e melhores entradas!
Bom Ano Novo!






Beijinhos;


domingo, 30 de novembro de 2014

Moelas com puré de batata



Olá minhas queridas e queridos!
Peço desculpa pela minha ausência prolongada mas acreditem que de momento não é possível estar mais presente, bem que eu gostaria de andar por aqui todos os dias ou pelo menos uma vez por semana mas nem isso consigo. Está difícil...

Nem para festejar o 4º aniversário da Casinha tive um bocadinho de tempo para o fazer. Imperdoável!
Foi no dia 11 deste mês que este cantinho celebrou mais um ano de existência - o 4º e até agora o mais complicado a nível de tempo e de publicações.

Mas no último dia do mês consigo publicar, um bocadinho a correr, e nada melhor para me redimir do desaparecimento forçado que umas deliciosas moelas. Gostam? Aqui na Casinha adoramos e como hoje é domingo são um belo petisco para o lanche. Que acham?


Aqui fica a receita inspirada no livro Culinarium 2.

Ingredientes:
  • 1 kg. de moelas de frango
  • 1 cebola grande
  • 2 dentes de alho
  • 50 gr. de azeite
  • 1 folha de louro
  • 1,5 dl. de polpa de tomate
  • 2,5 dl. de água quente
  • 1 cubo de caldo de galinha
  • Sal e pimenta q.b.
  • Salsa picada

Limpei de gorduras as moelas e cortei em pedaços mais pequenos.
Descasquei e piquei finamente a cebola e os dentes de alho e levei  a alourar num tacho com o azeite.
Juntei a folha de louro, as moelas e deixei saltear durante 5 minutos.
De seguida, juntei a polpa de tomate, tapei o tacho e deixei cozinhar sobre lume brando durante 5 minutos.
Reguei com a água quente e juntei o cubo de caldo de galinha. Rectifiquei de sal, temperei com pimenta e deixei cozinhar, em lume brando, até as moelas estarem macias.

Servi polvilhado com salsa picada e acompanhei com puré de batata. 


Receita do puré já publicada aqui.



As moelas ficam deliciosas e o molho é uma verdadeira tentação.



Olha ali o pão pronto para o molho. Tão bom!




Espero que apreciem tanto quanto nós.

Bom domingo, aproveitem bem!

*Agora vou visitar os vossos cantinhos e pôr em dia os comentários, até já.


Beijinhos;
Formiguinha

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Bolo de iogurte


Olá!

Esta semana é mais uma receita de bolo - o bolo de iogurte.
Porque me apeteceu um bolo e como tinha iogurtes foi o escolhido. Confesso que já estava com saudades de comer bolo de iogurte - o simples - o meu.

Existem muitas receitas de bolo de iogurte, toda a gente sabe fazer e acho que todos gostam.
Este é o terceiro bolo de iogurte que publico, diferentes mas todos deliciosos. Acho que este é o preferido...

As outras versões podem ver aqui e aqui.


Ingredientes:
  • 1 iogurte natural s/ lactose da Mimosa
  • 1/2 copo do iogurte de óleo
  • 200 gr. de farinha
  • 1 colher (chá) de fermento p/ bolos
  • 250 gr. de açúcar
  •  4 ovos caseiros
  • 40 gr. de coco ralado

Pré-aqueci o forno a 160ºC.
Separei as gemas das claras e bati as claras em castelo. Reservei.
Numa taça coloquei as gemas e o açúcar e bati até ficar um creme esbranquiçado. Acrescentei o iogurte, batendo até ficar misturado e de seguida acrescentei o óleo batendo novamente até ficar tudo bem misturado. Juntei o fermento à farinha, peneirei e misturei no creme com a ajuda da colher. Por último acrescentei o coco ralado misturando ligeiramente. 
Verti a massa para uma forma de chaminé untada e enfarinhada e levei ao forno durante mais ou menos 01 hora.
A temperatura tem de ser baixa para o bolo crescer, cozer lentamente e ficar com a consistência muito fofa e suave.


Como já não faço este bolo à muito tempo não me lembrava qual a forma que usava e optei pela maior mas dava perfeitamente para a forma mais pequena - a grande é para quando faço a receita dobrada.



Este é o aspecto quando saiu do forno - moreninho.



Para não ficar só com coco no interior barrei a parte de cima do bolo com uma deliciosa geleia oferecida pela querida Isabel Patrício do blog Emoção às Colheradas, e polvilhei com coco ralado.
Ficou ainda mais delicioso!



O interior ficou muito fofo, com uma cor linda e um sabor muito suave a coco. Eu adoro!
Gosto de bolo de iogurte mas com coco fica ainda melhor.




Reparem nesta cor! Os ovos caseiros dão um aspecto fantástico aos bolos. 




A geleia e o coco por cima do bolo é de lamber os dedos. Foi muito apreciado.




Aproveitem esta que sobrou e bom apetite!

Não se esqueçam de visitar a página da Casinha no Facebook, aqui


Bom resto de semana e um óptimo fim-de-semana!

Beijinhos;



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...